Instruções para o exame: Tipificação HLA locus DQ em média resolução

Exigência Descrição
Materiais
  • Sangue Periférico
  • DNA
  • Saliva
  • Swab Oral
Conservantes
  • EDTA
  • Tubo seco para swab oral
  • Kit Saliva OCR-100 (ORAcollect) ou OG-500 (Oragene)
Última Atualização

21/07/2021

Volume Recomendável
  • Sangue: 4ml
  • Saliva: mínimo de 1,5 mL
Tempo de Jejum

Jejum não obrigatório

Conservação
  • (Sangue)- Colher 4 ml de sangue em um tubo com EDTA (tampa roxa) - estável em temperatura ambiente por 7 dias, refrigerada por 30 dias e congelada (-20°C à -80°C) por tempo indeterminado.
  • Saliva em tubo OCR-100 (ORAcollect) ou OG-500 (Oragene): enviar a amostra num prazo máximo de 15 dias (temperatura ambiente, 18-25ºC ou refrigerada, 2-8ºC), por courier.
Critérios de rejeição
  • Amostras congeladas
  • Amostras sem identificação
  • Amostras com volume insuficiente
  • Amostras coletadas em conservante inadequado
Critérios de restrição
  • Amostras coletadas em heparina.
  • Amostra com volume inferior ao solicitado.
  • Avarias no tubo e/ou recipiente do material enviado.
  • Amostra fora do prazo de viabilidade.
  • Amostra sem a correta identificação.
  • Ausência de documentação.
  • Amostra com grau leve de coagulação.
Documentos Obrigatórios

Metodologia

A metodologia usada no exame é PCR-SSOP.

O DNA é extraído de sangue periférico ou saliva de forma automatizada (QIASymphony). O método de “Polymerase Chain Reaction – Reverse Sequence Specific Oligonucleotide Probe” (PCR-SSOP) é baseada na amplificação específica de éxons do gene utilizando primers biotinilados. Após a amplificação, os fragmentos são hibridados com beads marcados com sondas específicas. Após isto, um marcador fluorescente é acrescentado à reação para identificação das beads positivas e negativas. A leitura é realizada em um citômetro de fluxo que identifica a positividade de cada bead bem com sua especificidade. O resultado é analisado utilizando um software que interpreta a positividade de cada bead e compara com um banco de dados e seleciona o resultado da amostra.

Limitações do exame

A técnica de PCR-SSOp “Polymerase Chain Reaction – Reverse Sequence Specific Oligonucleotide Probe” resulta em tipificações HLA em média resolução.

Para coleta de exames, é obrigatória a apresentação de documento original oficial com foto, de acordo com a resolução RDC/ANVISA N° 302.

Informamos que a validade das informações dessa mensagem é de 5 (cinco) dias úteis após sua geração. Para mais informações ou dúvidas, estamos sempre à disposição em nossos canais de atendimento abaixo ou via e-mail pelo atendimento@genomika.com.br.